INVESTIMENTO DE R$ 1,5 MILHÃO NO MATADOURO E FRIGORÍFICO INDUSTRIAL DE RORAIMA
Repórter: CIELLE PRINTES | Edição: ALCESTE MONTEIRO | Foto: DIVULGAÇÃO

Visando fomentar o setor produtivo em Roraima, o Governo do Estado vai investir R$ 1,5 milhão no Mafir (Matadouro Frigorífico de Roraima) até o fim do ano. Entre as melhorias a serem implementadas está a reforma dos currais, aquisição de um novo maquinário para a sala de abate e de novos compressores para refrigeração da carne.

 

O presidente da Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) responsável pelo Mafir, Rafael Alves, destacou que a atual gestão encontrou o local em situação de abandono. “A estrutura estava sucateada, com muitas máquinas paradas por falta de manutenção ou peças. Já reformamos as caldeiras, regularizamos a alimentação dos funcionários com a revitalização da cozinha. Também realizamos manutenção nas bombas de amônia e reformamos a rampa que dá acesso ao curral”, explicou.

Alves destacou que somente na reforma dos currais será investido R$ 400 mil. “Uma parte do curral chegou a ser interditada no meio do ano devido a situação de abandono que se encontrava. Abrimos um processo licitatório, já temos a empresa vitoriosa e no dia 16 começamos as obras”, detalhou.

 

Ele esclareceu ainda que em nenhum momento o Mafirr foi interditado, apenas teve o abate suspenso pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), pois não haviam EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), em quantidade suficiente para todos os funcionários.

 

Todos os equipamentos, que incluem botas, luvas e aventais, e chegaram ainda nesta última terça-feira, dia 13. “Iriamos retomar as atividades ainda no período da manhã, porém devido ao horário avançado em que os equipamentos chegaram por completo, deixamos para retomar as atividades somente nesta quarta-feira, dia 14”, explicou.

Somente hoje foram abatidas 310 cabeças de gado. Alves frisou que o mercado local não correu o risco de ficar desbastecido. “Não havia gado no curral no fim de semana. Na sexta-feira, dia 9, todos foram abatidos. Houve acumulo apenas daqueles que não foram abatidos na terça-feira, dia 13. Para compensar aumentamos a quantidade de abates para hoje e no decorrer da semana”, destacou.

 

Segundo ele, outro investimento a ser realizado no Mafirr é a renovação do maquinário utilizado na sala de abate. “Neste setor o investimento será de R$ 800 mil. Também iremos trocar os compressores utilizados na refrigeração, que custará cerca de R$ 200 mil. O restante dos recursos serão aplicados na aquisição de mais equipamentos de segurança e demais setores”, pontuou Alves ao destacar os investimentos fazem parte de ações do Governo que visam fomentar o setor produtivo em Roraima.